Donata Meirelles destaca as tendências que encantaram durante a NYFW

Por ser a primeira entre as semanas de moda internacionais, a New York Fashion Week tem o papel de dar ao mundo o primeiro vislumbre de quais serão os trends mais relevantes da temporada. Portanto, confira a seguir que estilos causaram mais impacto nas passarelas do evento.

 

  1. Veludo molhado

 

Esse ícone da moda, que esteve em seu maior auge durante os anos 60 e 70, parece ter voltado com tudo para a temporada de outono-inverno 2019/20. Apesar de já ter aparecido em outras ocasiões, o veludo molhado há tempos não recebia o mesmo destaque que obteve na última edição da New York Fashion Week, informa Donata Meirelles. Nos desfiles de diversas grifes, esse trend apareceu em cores vibrantes, como roxo, laranja e rosa, deixando de lado a crença de que ele só funciona em cores mais fechadas, como azul marinho, preto e vinho.

 

  1. Roxo

 

Apesar do coral ser a cor do ano de 2019 segundo a Pantone, a tonalidade teve uma grande concorrente durante a semana de moda de Nova York, o roxo. Por ser uma cor tradicionalmente associada à realeza, o roxo é um tom que remete à elegância e ao luxo, e essa foi a referência utilizada por muitos estilistas. Sendo assim, a tonalidade apareceu em tecidos nobres como a seda, na coleção da Cushnie, e em vestidos de gala nos desfiles de Christian Siriano. A Tom Ford, por sua vez, inovou ao suar tons de lavanda em casacos de pele fake, provando que a cor é versátil e funciona de múltiplas formas.

 

  1. Cores psicodélicas

 

Em concordância com o roxo, as cores psicodélicas também apareceram bastante nas passarelas de Nova York. Enquanto os tons de neon foram os queridinhos das últimas temporadas, em 2019 a aposta da vez são as produções feitas com itens mega psicodélicos. Algumas das grifes que entraram de cabeça nesse trend foram a Prabal Gurung e a Area, esta última responsável por trazer essa tendência em suas calças. Consideradas modernas e estilosas, as peças em cores psicodélicas quebram a sobriedade do outono-inverno e dão um toque mais divertido e contemporâneo para essa coleção.

 

  1. Peças acolchoadas

 

O interesse do mundo da moda por itens acolchoados já existe há pelo menos um ano, e para a temporada de outono-inverno 2019/20, esse trend evoluiu das roupas de caráter mais usual, como as peças esportivas, para uma esfera muito maior de itens. Nos desfiles da grife Rachel Comey, foram apresentadas calças acolchoadas combinadas com jaquetas e casacos mais pesados, reporta Donata Meirelles enquanto as passarelas da Oscar de la Renta aderiram essa tendência de forma surpreendente em vestidos de gala, mostrando que é possível criar peças elegantes com o trend.

 

  1. Couro

 

Um clássico consolidado da temporada mais fria do ano, o couro é sempre um destaque, mas em 2019 a importância dele está ainda maior. Desde itens mais básicos até peças que são as grandes protagonistas do look, o couro apareceu em macacões, saias, calças, vestidos e também nas boinas, um acessório que também empolgou durante os desfiles da New York Fashion Week. Uma das diferenças do couro nessa coleção é que o material apareceu de forma bem mais colorida, seguindo essa cartela de cores mais diversificada do momento.

 

  1. Tie-dye

 

Após fazer sucesso nas semanas de moda internacionais referentes à coleção de primavera-verão, o tie dye demonstrou sua força ao aparecer novamente como tendência no outono-inverno. Mesmo sendo tradicionalmente mais comum no calor, os estilistas das grifes Prabal Gurung e Area mostraram que é possível usar esse print mega colorido nas passarelas de inverno. Outras marcas, como No Sesso e John Elliot também aderiram ao trend, mas preferiram utilizá-lo de forma menos intensa, com cores mais claras e suaves.

 

  1. Estilo country

 

Após aparecer de maneira um pouco mais tímida na coleção de inverno do ano passado, a tendência do estilo country mostrou que veio pra ficar em 2019. Se antes esse trend estava mais presente nas botas de cano curto e médio com franjas, esse ano a tendência country apareceu em calças, jaquetas, vestidos e acessórios boho, não apenas através das franjas, mas também em peças de couro cru e em tons terrosos, como laranja queimado, marrom e vinho, noticia Donata Meirelles.

 

  1. Animal print

 

Enquanto o uso de pele de animais está se tornando um conceito cada vez mais rejeitado pela moda, a estampa de animal print tem se tornado inversamente popular, sendo uma presença quase garantida nas passarelas. Nessa coleção, os estilistas apostaram em reinvenções bastante realistas de pele leopardo e python para looks mais chamativos, e também em versões mais delicadas da estampa, as quais utilizaram cores mais leves como as candy colors. Essa segunda abordagem foi a escolha de grifes como Kate Spade e Marc Jacobs, que conseguiram explorar um viés mais selvagem sem perder suas essências.

 

  1. Brilho

 

As passarelas da New York Fashion Week já são conhecidas por exaltarem o luxo e o glamour, e por conta disso, não chega a ser uma surpresa que a semana de moda norte-americana tenha destacado o brilho como uma das tendências para o outono-inverno. Presente em praticamente tudo, como calças, casacos, sapatos e, é claro, nos vestidos de festa, o brilho foi utilizado de forma bastante versátil, tanto no papel se grande protagonista, como também nos detalhes dos looks para o dia a dia.