Profissionais têm aceitado emprego com nível hierárquico e salário menor

Um levantamento realizado pela Catho mostrou que o desemprego tem feito com que profissionais procurem por emprego a qualquer custo, o que resulta em recolocações que podem causar comprometimentos futuros para os trabalhadores. De acordo com as notícias divulgadas pela empresa de recrutamento, cerca de 79% dos profissionais que foram entrevistados pela Catho alegaram ter aceitado um emprego com nível hierárquico inferior ao trabalho profissional exercido anteriormente.

A Catho ainda revelou quais condições os profissionais aceitam para conseguir uma recolocação no mercado de trabalho. Dentre as condições, as mais comentadas pelos profissionais foram: trocar de carreira ou de área de atuação, 86% dos entrevistados aceitariam essas condições, e optar por um salário inferior ao recebido na última remuneração, sendo uma condição aceita por 73% dos profissionais entrevistados.

Na opinião da gerente sênior da Catho, Bianca Machado, ambas as mudanças podem comprometer de maneira significativa a carreira profissional dos indivíduos que desejam entrar no mercado de trabalho a qualquer custo. Isso tudo pode gerar frustração e desmotivação do profissional, o que poderá impedi-lo de atuar dentro das condições planejadas no início da carreira.

Bianca Machado explica que o profissional tem alterações em seu comportamento ao longo de cada etapa do processo de entrar para o mercado de trabalho. Isso significa que o profissional tem uma reação diferente para a busca, entrevista, recebimento da proposta, contratação e até no momento da experiência de trabalho. Sendo assim, muitas vezes os profissionais não pensam de forma criteriosa sobre o que eles querem para o futuro e acabam por aceitar um emprego pelo simples fato de querer fazer parte do mercado de trabalho.

Quando empregado, Bianca Machado explica que o empregado começa a avaliar quais eram suas antigas expectativas e os planos para o futuro com base nas decisões tomadas por pura precipitação em fazer parte do mercado de trabalho. “Após todo o processo de conseguir um emprego, o profissional começa a se questionar sobre as oportunidades que pode ter perdido por aceitar aquele emprego sem uma avaliação criteriosa. É nesse momento que sentimentos de frustração e desmotivação surgem e impactam de forma negativa a carreira dos profissionais”, explica Bianca Machado.